A Revista

Fundadores:

  • Pedro Geraldo Bianco Jr.
  • Carmem Silvia Lobos (in memoriam)

Concebida como um projeto universitário, a Revista Dançar tornou-se realidade em junho de 1982 e fez história ao ser o primeiro periódico da América Latina a se dedicar especialmente à dança.

A revista permaneceu durante 10 anos em atividade trazendo opiniões, críticas e perfis de personalidades influentes do mundo da dança. Durante este período, mais de 2 milhões de exemplares foram produzidos, tendo mais 10 mil assinantes e distribuição para todo o Brasil, América Latina, EUA e Europa.

Com compromisso de disseminar a dança e suas vertentes, a Dançar criou um intercâmbio entre os principais centros de artes do País e locais com carência de informação, possibilitando a acessibilidade e transformando o cenário cultural.

Teve também um importante papel ao viabilizar grandes encontros entre profissionais da dança de diversas partes do País, entre eles: Festival de Joinville, Encontro Nacional de Dança, Oficina Contemporânea da Bahia e Ciclo de Dança de Recife, além de promover turnês memoráveis de companhias internacionais, como Ballet Bolshoi, Ballet Ópera de Paris e Grupo Momix, e de corpos estáveis e grupos independentes brasileiros.

Em 2015, a Dançar volta como portal trazendo todo seu rico acervo, com a cobertura completa do período fascinante da dança entre 1982 e 1992, e seu know-how para impulsionar, contribuir, cobrir e fomentar o cenário da dança atual.